Uma breve descrição do paradigma de uma vida de mais um mero mortal nesta terra.
21
Set 09
publicado por jokka, às 22:39link do post | comentar

Anos 70... a meu ver foram os anos de loucura... la folie...

 

Na loucura, muito se perder.. muito se ganha...
Vou deixar este momento musical..

"never a frown..
with golden brown.."


17
Set 09
publicado por jokka, às 22:16link do post | comentar

 

 

One day it may hit me... 
the felling that i was so long searching for
once i'm with you 
theres nothing to be looking for...
im fulfilled... 
 

please dont tear apart this felling from me... dont run from me.. wheres my heart at? 
i wish... i wished, that you would be here forever...next to me.. 

by Joka

 


15
Set 09
publicado por jokka, às 16:43link do post | comentar

Maybe it would be nice if for a small amout of time,i pretend to forget, and be forgotten...

Swing like you have never swigged before
Swing like a mad, swing like a child
Swing like there’s no more tomorrow

Swing to me one last time
and I shall come back
where there are more ghosts than memories

Let me swing into your heart

break your selfness and
live with this felling like a rock.
Eternally is never… impossible..


joka


14
Set 09
publicado por jokka, às 14:42link do post | comentar | ver comentários (1)

Serás tu tão diferente do que eu penso...

Será que estarei incorrecto no que digo...

Será um dos teus problemas a minha existência como amigo...
Será assim o problema tão denso?

 

Encontrarei a solução nas tuas palavras caladas.
Ainda ontem te vi.. e já hoje não me lembro da tua cara.

Tenho pena que sejam assim tão ousadas.
Mas as minhas palavras para ti são caras.

Custam-me mais bocado do meu coração..
e este está a chegar a um ponto sem retorno.

Sem ti nada importa... já não há salvação.

Um dia talvez te apercebas do como fútil foi esse adorno.

 

Here we go again...

 


 "People are ridiculous only when they try or seem to be that which they are not." 

Giacomo Leopardi

 

 

PS: Uma mentira pode-se corrigir e perdoar, mas uma verdade intencionalmente incorrecta é imperdoável. Pareces barro... marionetas impunes sobre o poder de mentes sem consideração e sem caracter.



13
Set 09
publicado por jokka, às 22:53link do post | comentar

 

 Agarra-te Esperança
pois o que tu esperas

esta do outro lado da rua 
de olhar em olhar
de sorriso em sorriso

Agarra-te ao pior dos teus males
pois estes não te falam em vão

De melhores a piores conquistas
Ha que derrobar estas muralhas


Se conquistar ou for conquistado
Irá ser tarde demais e..
Tudo o que vai restar

Irá ser apenas memorias...

 

Mas nunca digas nunca...


11
Set 09
publicado por jokka, às 14:28link do post | comentar

 

Sarjetas

Seria mais um trabalho feito pelo homem desvalorizado por conseguir escoar as aguas que quando chove torrencialmente, se estas nossas amigas não "engolissem" toda a agua que por ali passava.

Assim como passamos por estas sem nos apercebermos do significado... e como ficaríamos chateados, senão mesmo fod***s se existisse uma enorme piscina, aquando à um tempo atrás era um passeio.
 

Existe e sempre existiu uma desvalorização no que nos é mais próximo e comum... tornasse aborrecido, e por vezes nem nos apercebemos que existe...
 

Não, hoje não, vou dar valor ao que me é mais próximo, e que é de grande valor para mim.

 

Tornasse necessário a assim como um contraste
Que não faz sentido sem um oposto
Incapaz de controlar a sua ausência
Quão feliz seria no dia em que me encontraste

Quão miserável seria o dia em que me perdias
Hoje assim como amanha estas na minha consciência
Como uma bela manha de verão acompanhada pela sua brisa fresca.

 

Joka


10
Set 09
publicado por jokka, às 22:32link do post | comentar



Se existe felecidade num sorriso
Não será o meu esta noite
Se existes no meu mundo
Nao será só no passado
No presente só existe um consiso
E profundo agridoce acoite
Psicologico e imundo.
Neste meu futuro afastado
de ti...

Se o olhar e o sorriso matassem... gostava de morrer por um teu.
Não será hoje... mas talvez amanha...

 


publicado por jokka, às 17:42link do post | comentar | ver comentários (1)

O cheiro.. do verdadeiro cigarro.

 


 

 

Quantas não são as vezes que penso em deixar de fumar...
Bem, acho que cada vez mais quando pego num cigarro penso nisso.
Tal como este pensamento, outros se seguem.. gosto de pensar no fumo como um tipo alivio, talvez me enrole demasiado nas suas figuras... e me deixe levar pelo seu sabor.
Assim feitos os estragos, me entrego aquilo que desejo, paz de mente.
Bem hajas


publicado por jokka, às 17:13link do post | comentar

Saber da solidão

Sozinho, assim me sinto, envolvido neste sentimento que penso que seja passageiro , tal como todos os outros que me invadiram a vida.
Sei neste momento que tudo na vida é um grande nada e que um grande nada é tudo para mim.
Sem mais vazios, enchimentos de whisky e tabaco me completam nos momentos em que
me sinto sozinho.

Talvez para esquecer, relembrar ou socializar.

 

Haa.. produtos do quotidiano assim o requerem.

Sozinho me lembro do que jamais faria... pois não encontro a coragem para dizer o que sinto
quando encontro esse teu olhar.
Contudo este meu sentimento a que me refiro nao significa que nao tenha companhia.
No entanto assim me sinto sozinho de esperança por novamente te olhar e puder dizer: Ola.


Na tristeza por agora encontro o teu encanto,
Pois sei que enquanto me lembro do passado
Não ha solidão, tristeza ao estar ao teu canto.
Amo-te tanto... Quero-te tanto...
Nada, nem um olhar... que triste este meu fado.

Joka


publicado por jokka, às 17:12link do post | comentar

Ola,
Gostaria de dar um obrigado a todos os que encontrem este blog.
Pois este vai ser o meu apoio, diario, e tentarei actualiza-lo conforme puder.

 


mais sobre mim
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

16
18
19

20
22
23
24
25
26

27
28
29
30


arquivos
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO