Uma breve descrição do paradigma de uma vida de mais um mero mortal nesta terra.
12
Out 09
publicado por jokka, às 00:00link do post | comentar

 

 

Sempre pensei que iria ser

Como um fogo consumidor

De toda a minha alma e ser 

Como um fogo enrolado

No meu coração sonhador

E nos meus sonhos que arde

Violentamente e sem preconceitos

Acaba por passar apenas de lado


Deixando metade de mim a sofrer

E a outra metade de mim lentamente a morrer

Esperei tanto, que de este arder 

Deixou apenas cinzas, que ao mexer

Destroi tudo o que resta 

Tao inevitavel como um entardecer


Sei que existe um amanhecer

E das cinzas podem nascer 

Aquilo que realmente eu desejo.
 É o teu beijo

 

Ardente....

 

 
by Joka


mais sobre mim
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

13
16
17

18
19
20
21
23
24

25
26
27
28
29
30
31


arquivos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO