Uma breve descrição do paradigma de uma vida de mais um mero mortal nesta terra.
10
Set 09
publicado por jokka, às 17:13link do post | comentar

Saber da solidão

Sozinho, assim me sinto, envolvido neste sentimento que penso que seja passageiro , tal como todos os outros que me invadiram a vida.
Sei neste momento que tudo na vida é um grande nada e que um grande nada é tudo para mim.
Sem mais vazios, enchimentos de whisky e tabaco me completam nos momentos em que
me sinto sozinho.

Talvez para esquecer, relembrar ou socializar.

 

Haa.. produtos do quotidiano assim o requerem.

Sozinho me lembro do que jamais faria... pois não encontro a coragem para dizer o que sinto
quando encontro esse teu olhar.
Contudo este meu sentimento a que me refiro nao significa que nao tenha companhia.
No entanto assim me sinto sozinho de esperança por novamente te olhar e puder dizer: Ola.


Na tristeza por agora encontro o teu encanto,
Pois sei que enquanto me lembro do passado
Não ha solidão, tristeza ao estar ao teu canto.
Amo-te tanto... Quero-te tanto...
Nada, nem um olhar... que triste este meu fado.

Joka


mais sobre mim
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

16
18
19

20
22
23
24
25
26

27
28
29
30


arquivos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO