Uma breve descrição do paradigma de uma vida de mais um mero mortal nesta terra.
22
Out 09
publicado por jokka, às 16:06link do post | comentar | ver comentários (1)

Leafs fall down
as my heart begins
to lost all hope
 Clouds fall in
closer to me
Rain and wind
begins the show

Is that the autumn
all about?

A process of death and rebirth
should I belief in that?
For a greater good,
many should perish,
So that they can live stronger?

No, im done...

I’ve done my share...

Time to be reborn..

 

Ashes from ashes.

Blood from blood.

Love for hate, Hate for love.

 

Come my brothers, from this day forward, we should fight to end… and just as the journey began, without remorse we will do the impossible, if not us who can?
Rise and march trough fire and ashes to find and be found in this hell.
 Loot whatever is out there! And.. Leave no one alive…!

 

Joka

 


15
Out 09
publicado por jokka, às 01:04link do post | comentar

 

(......)

 

But blood for blood without remorse
I've taken at Oulart Hollow
And laid my true love's clay-cold corpse
Where I full soon may follow
As 'round her grave I wander drear
Noon, night and morning early
With breaking heart when e'er I hear
The wind that shakes the barley

 

 

The Wind That Shakes the Barley


 


14
Out 09
publicado por jokka, às 16:29link do post | comentar

Once upon a time

There was a beautiful and bright mind

Running around freely between
The boarders of his heart and being

When this mind starts getting old

The boarders of the being are broke and into the mind,

Strangling and confusing it

The boarders of the heart still stand but

Sometimes these are broken giving the already

Confused and strangled mind a very difficult job to do

What must the mind do?

Be an animal or be friendly…

I say, the mind chooses both

Enough for be a human like…

But my heart says that’s perfect…

And my being says perfection doesn’t exist

So my conclusion is that we can be your best, but no one is perfect for ever.

And the mind just run happily ever after..
 

The End

 

* not the end... Just the beginning..

Joka..

 


publicado por jokka, às 15:19link do post | comentar

 

Gostaria uma dia fixar o olhar
e deixar-me encontrar
e deixar-me encantar
e deixar me olhar
 

para esse olhar fixado
para esse sentimento de amado
por esse olhar desamparado
por esse olhar despreocupado

 

por um não? porque sim..

 

por um sim talvez

deixa-me a sonhar
a esquecer o esquecido

 

será assim como sentes e ves

um olhar como o meu sonhar

ou simplesmente um conhecido

 

que te sente e fixa

na mente firme e irta

e abstracta o suficiente para sonhar

 

Sim.. sorrir, olá...e voltar a sonhar

 

estou a sonhar com o olhar

estou a olhar com o fixar

estou a fixar a minha estrela

 

porque mesmo a noite existe uma luz, espero encontrar o meu norte...

obrigado

 

e lembra-te:

"I drew a line,
I drew a line for you,
Oh what a thing to do....
"

Jokka

 


12
Out 09
publicado por jokka, às 00:38link do post | comentar

 

 

 

As I burn with desire

My brain’s aflame with wantin’
For you are my Greek fire.

Your dream-form I try to capture.
Pillows breathe, sheets become skin, 
As I burn with desire.

The road to a place of sulphur
I pave with thoughts forbidden, 
For you are my Greek fire

A blaze that will not smother
Consumes my straw-soul with sin
As I burn with desire.

‘Lord, spare me from this danger! ’
I fall on hands and knees, prayin’, 
For you are my Greek fire.

You belong to another! 
Yet, Lust in the night is callin’, 
As I burn with desire 
For you. You: My Greek fire

 

by:Ronberge


publicado por jokka, às 00:00link do post | comentar

 

 

Sempre pensei que iria ser

Como um fogo consumidor

De toda a minha alma e ser 

Como um fogo enrolado

No meu coração sonhador

E nos meus sonhos que arde

Violentamente e sem preconceitos

Acaba por passar apenas de lado


Deixando metade de mim a sofrer

E a outra metade de mim lentamente a morrer

Esperei tanto, que de este arder 

Deixou apenas cinzas, que ao mexer

Destroi tudo o que resta 

Tao inevitavel como um entardecer


Sei que existe um amanhecer

E das cinzas podem nascer 

Aquilo que realmente eu desejo.
 É o teu beijo

 

Ardente....

 

 
by Joka


11
Out 09
publicado por jokka, às 04:17link do post | comentar

 


Para tudo existe um inicio, um fim e por vezes um meio termo

       tudo existe se assim tiver significado...

Existem tambem momentos que desejo que durem para sempre

            tambem momentos que nem deviam acontecer

Se por vezes me perdi na imensidão, foi por solidão e compaixão

           vezes de mais...

Certo é que nunca existe um momento perfeito, mas procuro-o

                  nunca desistir de acreditar

Sempre, para sempre, até um dia o encontrar, deitado nas teias do fado

                    sempre sonharei até ao acordar...

 

do you still love me in the morning?

for ever and ever....

 


mais sobre mim
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

13
16
17

18
19
20
21
23
24

25
26
27
28
29
30
31


arquivos
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO